Casa de Nossa Senhora da Divina Providência (Lisboa)

Localização estrutural dos conteúdos:
Localidade:
Lisboa
Entidade detentora:
Biblioteca Pública de Évora
Dimensão e suporte:

1 unidade de instalação

História administrativa / biográfica / familiar:

Os dados disponíveis ligam a sua entrada em Portugal aos padres que a Ordem havia enviado para a Índia em 1640. Impedidos, por decreto real, de se manterem em terras do padroado português, dado serem estrangeiros, os teatinos italianos estantes em Goa regressam à Europa. Um deles, D. Adizzone Spínola, dirigindo-se à Corte portugue- sa, obterá do rei D. João IV, em 1648, licença para se instalarem em Lisboa e continuarem o seu trabalho em Goa. Por alvará de 12 de Dezembro de 1650, os teatinos instalam-se em Lisboa, em casa alugada, às Portas de Santa Catarina, onde permanecerão até Junho de 1653. Nessa data, transitam para a Casa de Nossa Senhora da Divina Providência, no Bairro Alto, benzida por D. Ardizzone Spínola em Setembro seguinte. Esta manter-se-ia como a única casa da Ordem até à sua extinção em Portugal, em 1834. Além do seu importante papel como ponte com o trabalho missionário desenvolvido pela Ordem em Goa, alguns nomes de vulto se ligam a esta casa religiosa, como D. Rafael Bluteau, D. Manuel Caetano de Sousa ou D. Manuel Contador de Argote.

Instrumentos de descrição:

Fontes, João Luís Inglês; Serra, Joaquim Bastos; Andrade, Maria Filomena, Inventário dos Fundos Monástico-Conventuais da Biblioteca Pública de Évora , Lisboa, Edições Colibri, 2010

Conteúdos do fundo:
  • Fundo:
    Casa de Nossa Senhora da Divina Providência (Lisboa)
    Tipo:
    Livro
    Código de referência:
    Datas de produção / acumulação:
    1689/??/?? - 1698/??/??
Informação contida em outros fundos:
Não existem itens a listar.
Descrição documental:

Liliana Silva