Ordem dos Mínimos

Localização estrutural dos conteúdos:
Localidade:
Portugal
Entidade detentora:
Biblioteca Pública de Évora
Dimensão e suporte:

1 unidade de instalação

História administrativa / biográfica / familiar:

Ordem fundada por S. Francisco de Paula (1416-1507), de cariz marcadamente austero, fruto da vivência eremítica do seu fundador e da experiência da pequena comunidade que, desde 1435, se formara em seu redor. Aprovada como congregação diocesana em 1470 pelo bispo de Conzenza, seria reconhecida por Sisto IV em 1474, com o título inicial de Ordem dos Eremitas de S. Francisco de Assis. Data deste ano a primeira versão da Regra redigida por S. Francisco de Paula, posteriormente objecto de alterações e de ajustes a um modo de vida mais cenobítico, até à sua versão definitiva, aprovada por Júlio II em 1506. A par dos votos tradicionais, a Regra mantinha um quarto voto, o da quaresma perpétua, denunciando a austeridade das suas origens. Após a morte do fundador, ocorrida em 1507, reuniu-se em Roma o primeiro Capítulo Geral da Ordem, que assumiu como vinculativo o texto da Regra aprovado em 1506, a que juntava um conjunto de normas disciplinares – o Correctorium – com vista a salvaguardar a observância fiel da Regra. O mesmo capítulo adoptaria um esquema de governo típico das ordens mendicantes, com a divisão em províncias – inicialmente em número de oito – sob um governo centralizado.

Instrumentos de descrição:

Fontes, João Luís Inglês; Serra, Joaquim Bastos; Andrade, Maria Filomena, Inventário dos Fundos Monástico-Conventuais da Biblioteca Pública de Évora , Lisboa, Edições Colibri, 2010

Conteúdos do fundo:
  • Fundo:
    Ordem dos Mínimos
    Tipo:
    Pasta
    Código de referência:
    Datas de produção / acumulação:
    1701/??/?? - 1800/??/??
Informação contida em outros fundos:
Não existem itens a listar.
Descrição documental:

Liliana Silva