Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa

Localização estrutural dos conteúdos:
Localidade:
Vila Viçosa
Entidade detentora:
Arquivo Histórico Municipal de Vila Viçosa
Dimensão e suporte:

O fundo da Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa é composto por uma totalidade de 422 unidades de instalação (códices e maços de documentos avulsos).

História administrativa / biográfica / familiar:

A documentação existente reveste-se de excepcional importância para o conhecimento da história administrativa da instituição.
A partir deste fundo podemos, com alguma facilidade e precisão, traçar a história da instituição, desde a sua fundação nos princípios do século XVI (1508/1509), até aos nossos dias, ainda que nos deparemos com alguns lapsos documentais.
Trata-se pois, em conjunto com o fundo da Câmara Municipal, de todo um acervo de grande importância para o estudo da vida social, económica, política, militar, moral e religiosa de quase cinco séculos da história local e regional, podendo-se assim estabelecer a reconstituição histórica das instituições e conhecer as vivências de uma comunidade como Vila Viçosa que, nos séculos XVI e XVII, assumiu destacada importância na vida histórica e social do país, não esquecendo a Santa Casa da Misericórdia como elemento e órgão dinamizador das populações durante tão longo período de tempo.

História custodial e arquivística:

A documentação do fundo da Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa encontra-se depositada no Arquivo Histórico Municipal da referida localidade desde os anos 30 do século XX.
No arquivo existe um catálogo-inventário do fundo da Câmara e do fundo da Misericórdia, para a elaboração do qual foi utilizada, como refere o Dr. Manuel Inácio Pestana - autor deste instrumento de descrição - uma forma que se poderá chamar de tradicional, ou seja, um catálogo que recorre simplesmente à descrição dos títulos e à inserção de outros dados de pormenor (data, dimensão). Além disso, a documentação está organizada alfabeticamente. Proporciona, de facto, ao investigador uma informação útil. Porém, não muito detalhada e com alguns embaraços em termos de localização imediata dos documentos pretendidos no interior do catálogo.
Para conhecimento da documentação que se encontra no Arquivo Histórico Municipal de Vila Viçosa consulte-se: PESTANA, Manuel Inácio, Arquivos Históricos Municipais de Vila Viçosa, Vila Viçosa, Ed. da Câmara Municipal, 1990.

.

Âmbito e conteúdo:

Este fundo possui as tipologias documentais normalmente encontradas em outros arquivos congéneres. Como particularmente notáveis, reconhecem-se os seus 12 livros de Tombo, com um período cronológico de enfoque entre 1576 e 1855; um precioso conjunto de 7 pergaminhos compreendidos entre 1495 e 1682, que consistem em cartas de padrão, perdões, remissões e escrituras; uma importante colecção de escrituras, testamentos e doações originais que vão desde 1524 até 1815; ou ainda os compromissos de 1577 e 1661; os livros de capelas; os livros da botica; os livros dos presos sustentados pela Santa Casa; os livros dos defuntos, entre os quais se evidencia o livro de 1707-1762 que contém o registo das vítimas que o terramoto de 1755 fez em Vila Viçosa; livros das eleições da Mesa e livros da aceitação e catálogo dos Irmãos de 1581 a 1889; livros dos doentes que abrangem um período entre 1589 e 1884, com especial relevo para a larga e descriminada entrada e saída de doentes militares; o livro dos estatutos do colégio dos meninos órfãos de 1667; os 152 livros da receita e despesa que começam em 1543 e terminam em 1874; entre outras pequenas séries.

Conteúdos do fundo:
Informação contida em outros fundos:
Não existem itens a listar.