Câmara Municipal de Estremoz

Localização estrutural dos conteúdos:
Localidade:
Estremoz
Entidade detentora:
Arquivo Histórico Municipal de Estremoz
Conteúdos do fundo:
Não existem itens a listar.
Informação contida em outros fundos:
  • Fundo:
    Convento de São Francisco de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1366/11/10
    Tipologia documental:
    Sentença
    Nível:
    Documento simples

    Sentença dirimida por Gil Afonso e João Afonso, juízes de Estremoz, relativa a um processo entre João Afonso, ourives, morador em Évora, provedor da capela de Rodrigues Airas de Veiros, escudeiro, e Vasco Martins, escudeiro, morador e vizinho de Estremoz, estando em questão a repartição das rendas de uma herdade, localizada no termo de Estremoz, na Silveira.

  • Fundo:
    Convento de São Francisco de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1366/11/14
    Tipologia documental:
    Sentença
    Nível:
    Documento simples

    Sentença dirimida por Gil Afonso e João Afonso, juízes de Estremoz, relativa a um processo entre João Afonso, ourives, morador em Évora, provedor da capela de Rodrigo Airas, escudeiro, filho de Airas Afonso de Veiros, e Vasco Martins, escudeiro, morador em Estremoz, estando em questão a partilha de uma herdade, localizada no termo de Estremoz, na Silveira.

  • Fundo:
    Convento de São Francisco de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1366/11/24
    Tipologia documental:
    Sentença
    Nível:
    Documento simples

    Sentença dirimida por Gil Afonso e João Afonso, juízes de Estremoz, relativa a um processo entre Gomes Pires, sapateiro, e João Afonso, ourives, provedor dos bens da capela de Rodrigo Airas, estando em questão o embargo da herdade da Silveira, localizada no termo de Estremoz.

  • Fundo:
    Convento de São Francisco de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1412/03/04
    Tipologia documental:
    Carta Régia
    Nível:
    Documento simples

    Carta de D. João I dirigida aos juízes de Estremoz e a todos os juízes e oficiais do reino, pela qual se ordena que o privilégio concedido pelo papa Benedito XI, à ordem se São Francisco, seja guardado e respeitado. Traslada o documento papal de concessão do privilégio.

  • Fundo:
    Convento de São Francisco de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1497/05/11
    Tipologia documental:
    Certidão
    Nível:
    Documento simples

    Frei Gonçalo, frade do convento de São Francisco de Évora, solicita a Gil Martins, fidalgo de Casa do Rei e juiz do rei em Estremoz, o traslado de uma carta de D. Manuel, datada de 11 de Março de 1497, pela qual se confirmam os privilégios concedidos pelos antecessores monarcas à Ordem de São Francisco, isentando-os do pagamento de certos tributos.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1371/07/17
    Tipologia documental:
    Sentença
    Nível:
    Documento simples

    Sentença dirimida por Domingos Sebastião, juiz de Estremoz, relativa a um processo entre Gomes Pires Perdigão, morador e vizinho de Évora, raçoeiro das Alcáçovas, e Martim Gonçalves, escudeiro, morador e vizinho de Estremoz, estando em questão uma herdade, localizada no termo de Monsaraz.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1472/11/02
    Tipologia documental:
    Doação
    Nível:
    Documento simples

    Doação, com reserva de usufruto, que fez Mem Rodrigues, cavaleiro da casa do conde de Faião, alcaide Mor do Castelo, e sua mulher, Beatriz Gonçalves, moradores em Estremoz, de umas herdades, localizadas no termo de Evoramonte, a Beatriz Rodrigues, filha de Mécia Vaz, sobrinha de Mem Rodrigues.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    Século(s) XVI
    Tipologia documental:
    Outro
    Nível:
    Documento simples

    Traslado de uma carta de compra e venda, de uma carta de sesmaria e de um instrumento de posse, solicitado por João Rodrigues, sobrinho de Mem Rodrigues, em nome de Brites Gonçalves, viúva do seu tio, a João Mendo (?), escudeiro e juiz pelo rei [em Estremoz].

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1463/08/25
    Tipologia documental:
    Certidão
    Nível:
    Documento simples

    Mem Rodrigues afirma trazer em sesmaria uma terra, localizada no termo de Evoramonte. Em virtude das confrontações não constarem no instrumento de posse, solicita-se ao juiz de Estremoz o traslado da sentença, do instrumento de posse e dos limites das demarcações da propriedade contidas na carta de sesmaria.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1462/07/26
    Tipologia documental:
    Sentença
    Nível:
    Documento simples

    Sentença dirimida por Nuno Afonso, juiz ordinário de Estremoz, relativa a um processo entre Mem Rodrigues, alcaide do castelo de Estremoz, e Fernão Morato, lavrador, morador no termo de Evoramonte, estando em questão a posse de uma terra, localizada no termo de Evoramonte, no caminho que vai para o Vimieiro até ao Vale do Poço onde está um marco.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1463/08/01
    Tipologia documental:
    Demanda
    Nível:
    Documento simples

    Mem Pais, lavrador, que vive numa herdade de Mem Rodrigues, localizada no termo de Evoramonte, acusa os vizinhos de nela entrarem com os seus rebanhos de gado, devassando-a e causando-lhe grandes danos.
    Solicita aos juízes de Estremoz que impeçam tal devassa, uma vez que a esta herdade foi dada carta de couto.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1462/??/??
    Tipologia documental:
    Indefinida
    Nível:
    Documento simples

    Mem Rodrigues, cavaleiro da casa do conde de Odemira, alcaide mor por ele no castelo de Estremoz, apresenta a um juiz os privilégios régios obtidos no que se referia a uma herdade. O juiz determina que se guardem os privilégios referidos e manda fazer a demarcação da herdade de modo a perceber-se onde a mesma se divide de uma outra de Fernão Morato.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1463/08/23
    Tipologia documental:
    Certidão
    Nível:
    Documento simples

    Mem Rodrigues, cavaleiro da casa do conde de Odemira, alcaide do castelo de Estremoz, solicita o traslado de uma carta de Sesmaria.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1439/03/25
    Tipologia documental:
    Carta de Sesmaria
    Nível:
    Documento simples

    Os sesmeiros, Gil Vasques e Gomes Eanes Barreco, moradores em Evoramonte, concedem a Manuel Domingues, contador do rei, e a sua mulher, Beatriz Gonçalves, moradores em Évora, uma terra em sesmaria.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1477/07/13
    Tipologia documental:
    Compra/venda
    Nível:
    Documento simples

    Pedro Lourenço, filho de Lourenço Gil, morador em Avis, vende a Mem Rodrigues, cavaleiro, capitão de Estremoz e alcaide do castelo, umas courelas, localizadas no termo de Vimieiro, por seis mil e quinhentos reais.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1533/05/28
    Tipologia documental:
    Instrumento de Posse
    Nível:
    Documento simples

    Perante Jorge de Pina, cavaleiro fidalgo da casa do rei, vereador mais velho e juiz pela ordenação, Pedro Dias, escudeiro, morador em Évora, como procurador de D. Leonor e de D. Isabel, freiras no mosteiro de São Bento de Cástris, toma posse de metade de uma herdade chamada das Catelas (?).

  • Fundo:
    Mosteiro de Santo Antão de Vale de Infante de Estremoz
    Datas de produção/acumulação:
    1434/04/11
    Tipologia documental:
    Alvará
    Nível:
    Documento simples

    Perante Afonso Fernandes, juiz de Estremoz, Rodrigo e Fernando, pobres do eremitério de Vale do Infante, solicitam o traslado de um alvará de D. Duarte, relativa aos constrangimentos provocados pelos juízes de Borba.

  • Fundo:
    Mosteiro de Santo Antão de Vale de Infante de Estremoz
    Datas de produção/acumulação:
    1439/09/08
    Tipologia documental:
    Carta Régia
    Nível:
    Documento simples

    Perante Álvaro Gonçalves, juiz de Estremoz, Fernando, pobre do oratório de Vale do Infante, solicita o traslado de uma carta de D. João I, na qual se isentam os pobres de pagar certos tributos.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa
    Datas de produção/acumulação:
    1434/05/01
    Tipologia documental:
    Carta Régia
    Nível:
    Documento simples

    A pedido dos pobres do mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa, D. Duarte concede mercês a Lopo Fernandes, alfaiate, morador em Estremoz, em virtude dos serviços por ele prestados aos referidos ermitas.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa
    Datas de produção/acumulação:
    1436/03/11
    Tipologia documental:
    Alvará
    Nível:
    Documento simples

    Perante Fernando Fernandes, juiz de Estremoz, compareceu Fernando, pobre, que solicitou o traslado de uma carta de D. Duarte, na qual se confirmam os privilégios concedidos por D. João I aos pobres do mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa
    Datas de produção/acumulação:
    1436/03/11
    Tipologia documental:
    Alvará
    Nível:
    Documento simples

    Perante Fernando Fernandes, juiz de Estremoz, compareceu Fernando, pobre, que solicitou o traslado de uma carta de D. Duarte, na qual se confirmam os privilégios concedidos por D. João I os pobres do mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa.

  • Fundo:
    Mosteiro de Santo Antão de Vale de Infante de Estremoz
    Datas de produção/acumulação:
    1437/04/22
    Tipologia documental:
    Carta Régia
    Nível:
    Documento simples

    Perante Martim de Abreu, juiz das sisas, compareceram João Gonçalves Banheiro, siseiro, e Fernando, pobre do mosteiro de Vale dos Infantes, e solicitaram o traslado de uma carta régia na qual se concediam alguns privilégios aos pobres do referido mosteiro e aos do mosteiro de Vale Abraão.

  • Fundo:
    Mosteiro de Santo Antão de Vale de Infante de Estremoz
    Datas de produção/acumulação:
    1439/09/30
    Tipologia documental:
    Carta Régia
    Nível:
    Documento simples

    Perante Álvaro Gonçalves da Silveira, juiz em Estremoz, compareceu Fernando, pobre do mosteiro de Vale dos Infantes e solicitou o traslado da confirmação de privilégios régios.

  • Fundo:
    Mosteiro de Santo Antão de Vale de Infante de Estremoz
    Datas de produção/acumulação:
    1439/08/30
    Tipologia documental:
    Carta Régia
    Nível:
    Documento simples

    Perante Álvaro Gonçalo da Silveira, juiz em Estremoz, compareceu Fernando, pobre do mosteiro de Vale dos Infantes e mostrou uma confirmação de privilégios, relativa à venda de produtos, em Évora.
    Este privilégio também era válido para os pobres do mosteiro de Vale de Abraão.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa
    Datas de produção/acumulação:
    1406/08/16
    Tipologia documental:
    Carta Régia
    Nível:
    Documento simples

    Perante Mendo Afonso, juiz em Estremoz, compareceu Gonçalo Pires, pobre da Serra de Ossa, solicitando o traslado de uma carta régia de D. João I, a qual concedia a isenção do pagamento de tributos, aos referidos pobres.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa
    Datas de produção/acumulação:
    1452/08/28
    Tipologia documental:
    Certidão
    Nível:
    Documento simples

    Perante Diogo Gonçalves, escudeiro, juiz ordinário em Estremoz, compareceu Gonçalo Vasques, pobre da Serra de Ossa, solicitando o traslado de uma carta de D. Afonso V, datada de 26 de Junho de 1452.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa
    Datas de produção/acumulação:
    1452/11/20
    Tipologia documental:
    Certidão
    Nível:
    Documento simples

    Na presença de Diogo Gonçalves Belagua, juiz ordinário de Estremoz, escudeiro e vassalo do rei, compareceu Francisco, pobre da Serra de Ossa, solicitando o traslado de uma carta de D. Afonso V, datade de 27 de Junho de 1452, relativa à vivência do eremitério.

  • Fundo:
    Mosteiro de Santo Antão de Vale de Infante de Estremoz
    Datas de produção/acumulação:
    1478/11/07
    Tipologia documental:
    Indefinida
    Nível:
    Documento simples

    Apresentação de uma bula que exigia que os pobres dos eremitérios de arcebispado de Lisboa, do bispado de Évora e do bispado de Ceuta e do Algarve fizessem voto de castidade.

  • Fundo:
    Mosteiro de Santo Antão de Vale de Infante de Estremoz
    Datas de produção/acumulação:
    1485/07/15
    Tipologia documental:
    Sentença
    Nível:
    Documento simples

    Sentença dirimida por Estêvão Vieira, escudeiro e juiz do rei, relativa a um processo entre Luís, pobre do eremitério de Vale do Infante, e Polo Gonçalves Galhardo e Rodrigo Afonso Bailão, lavradores e moradores no termo de Estremoz, estando em questão a cedência de parte de uma herdade para a abertura de uma canada para o gado.

  • Fundo:
    Convento de São Francisco de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1368/01/11
    Tipologia documental:
    Outro
    Nível:
    Documento simples

    Afonso Anes Maceira, morador e vizinho de Évora e provedor da capela de Rodrigo de Airas (filho de Airas Afonso de Veiros), apresenta ao juiz de Estremoz documento de 09 de Agosto de 1367 que atesta que ele é provedor da referida capela e um outro documento de 08 de Janeiro de 1368 em que é autorizado a estabelecer contratos de partilhas relativos às herdades pertencentes à referida capela, localizadas no termo de Estremoz. O juiz manda que ele e Gomes Lourenço, provedor da capela de Maria Anes Loureira, vão repartir as herdades pertencentes às duas capelas em causa.

  • Fundo:
    Convento de São Francisco de Estremoz
    Datas de produção/acumulação:
    1463/10/19
    Tipologia documental:
    Testamento
    Nível:
    Documento simples

    Testamento de D. Sancho de Noronha, conde de Odemira e senhor de Aveiro, no qual instituí uma capela no convento de São Francisco de Estremoz.

  • Fundo:
    Convento de Santa Clara de Estremoz
    Datas de produção/acumulação:
    1497/08/23
    Tipologia documental:
    Certidão
    Nível:
    Documento simples

    Certidão pela qual se traslada, por ordem de Gil Martins Ratinho, escudeiro, fidalgo e juiz com alçada em Estremoz, o codicilo do testamento de Beatriz Gomes Trigueira.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa
    Datas de produção/acumulação:
    1469/03/14
    Tipologia documental:
    Instrumento de Posse
    Nível:
    Documento simples

    Os frades do mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa tomam posse de dois quartos de umas azenhas, localizadas no termo de Estremoz, uma na ribeira de Ana Loura e outra na ribeira da vila, que lhes foram doadas por Fernando, pobre da mesma comunidade.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa
    Datas de produção/acumulação:
    1465/01/15
    Tipologia documental:
    Certidão
    Nível:
    Documento simples

    Os pobres do oratório da Serra de Ossa solicitam a Diogo Gomes Zagalo, escudeiro e juiz ordinário de Estremoz, o traslado de uma sentença do corregedor de entre tejo e odiana, relativa à posse de umas casas, localizadas junto à ermida do Monte da Virgem.

  • Fundo:
    Igreja de Santiago de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1459/03/20
    Tipologia documental:
    Compra/venda
    Nível:
    Documento simples

    Martim Lourenço, fiador das sisas de Veiros, no ano de 1458, vende o domínio útil de uma vinha, da igreja de Santiago de Évora, localizada no termo da cidade, no Pomar de Çaide, da qual pagava, à referida igreja, vinte e oito soldos antigos e duas galinhas, pelo São Martinho.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Paulo da Serra de Ossa
    Datas de produção/acumulação:
    1416/11/22
    Tipologia documental:
    Instrumento de Demarcação
    Nível:
    Documento simples

    Demarcação do lugar de Cortes, propriedade que os irmãos João Domingues das Cortes e Gonçalo Domingues das Cortes, moradores em Estremoz, herdaram de seu pai.
    Em virtude de existirem dúvidas, perante os oficiais do concelho de Evoramonte e os pobres da Serra de Ossa, relativamente aos limites desse lugar, Gonçalo Pires, pobre da referida comunidade, requereu a Martim Fernandes, juiz de Estremoz, que os referidos proprietários indicassem os limites do lugar.