Câmara Municipal de Avis

Localização estrutural dos conteúdos:
Localidade:
Avis
Entidade detentora:
Arquivo Municipal de Avis
Conteúdos do fundo:
Não existem itens a listar.
Informação contida em outros fundos:
  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1448/10/10
    Tipologia documental:
    Apelação
    Nível:
    Documento simples

    Gil Vasques Gavião, escudeiro, vassalo do rei, ouvidor nas terras do mestrado da Ordem de Avis pelo Senhor D. Pedro, condestável do Reino e governador do Mestrado, recebeu dos juízes de Avis uma apelação relativa a uma demanda que Garcia Fernandes, escudeiro, morador em Abrantes, mantinha com o mosteiro de São Bento de Cástris de Évora, relativa à posse de uma herdade no termo de Avis, no vale dos cavaleiros.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1451/08/08
    Tipologia documental:
    Sentença
    Nível:
    Documento simples

    Sentença dirimida por Lourenço Anes e Gil Fernandes, juízes da vila de Avis, relativa a um processo entre o mosteiro de São Bento de Cástris de Évora e Garcia Fernandes, escudeiro, morador em Abrantes, estando em questão a posse de uma herdade, localizada no termo de Avis, em Vale de Cavaleiros.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1428/07/01
    Tipologia documental:
    Instrumento de Posse
    Nível:
    Documento simples

    Mor Pais Perdigoa, abadessa do mosteiro de São Bento de Cástris de Évora, toma posse, em nome do mosteiro, dos bens que foram de João Rodrigues, escudeiro, que morou na cidade. Este ordenou em seu testamento que todos os seus bens deveriam ser entregues, após a sua morte, à sua mulher Mécia Gil e, após a morte desta, deveriam ficar para o referido mosteiro.

    O documento faz referência a uma sentença, assinada por Gil Martins, escolar em leis, ouvidor do Condestável, que confirmava a posse dos referidos bens, entre os quais estava uma herdade, localizada no termo de Avis, que se chamava Herdade do Cavaleiro.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1448/05/24
    Tipologia documental:
    Certidão
    Nível:
    Documento simples

    Sancha Nogueira, foreira do mosteiro de São Bento de Cástris de Évora, solicita a Vasco Mendes, escudeiro, juiz ordinário da vila de Avis, o traslado de um documento em que Martim Afonso, porteiro do concelho, ordena que os lavradores da Herdade do Cavaleiro entreguem a ração ao referido mosteiro.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1428/07/01
    Tipologia documental:
    Sentença
    Nível:
    Documento simples

    Martim Afonso, porteiro do concelho de Avis, por ordem de Rodrigo Afonso de Oliveira, juiz ordinário de Avis, e a pedido de Mor Perdigoa, abadessa do mosteiro de São Bento de Cástris de Évora, manda que os lavradores da Herdade do Cavaleiro entreguem a ração ao referido mosteiro.

    O documento apresenta a lista dos lavradores: Afonso Lourenço Esmirilhão; Gil Vasques das Neves, filho de anterior; ??? Vaz, irmão do anterior; Gonçalo Eanes, filho do hortelão; Gonçalo, filho de Rodelhão; Vicente Pires, fixeiro; Pedro Vicente, filho do anterior; e Fernão Ramalho.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1448/05/21
    Tipologia documental:
    Instrumento de Posse
    Nível:
    Documento simples

    As freiras do mosteiro de São Bento de Cástris de Évora tomam posse de uma herdade, localizada no termo de Avis, chamada Herdade do Cavaleiro.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1448/10/05
    Tipologia documental:
    Instrumento de Posse
    Nível:
    Documento simples

    Instrumento trasladado dado por autoridade de justiça na presença de Rui Gonçalves, escudeiro, juiz ordinário, perante o qual foi mostrado um instrumento escrito em pergaminho apresentado por Sancha Nogueira, freira do mosteiro de São Bento de Cástris de Évora. O documento que a freira apresenta e que é trasladado neste acto consiste num instrumento de posse de umas vinhas no termo da cidade de Évora. Este documento trasladado, por sua vez, traslada outros dois: uma sentença e um alvará do condestável que ordena que o mosteiro seja colocado em posse dos bens.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1470/01/11
    Tipologia documental:
    Instrumento de Partilhas
    Nível:
    Documento simples

    Martim Eanes, procurador das freiras do mosteiro de São Bento de Cástris de Évora, solicita a Soeiro da Costa, escudeiro, juiz ordinário de Avis, que mande Gonçalo Vasques, cavaleiro, morador em Avis, repartir umas terras, localizadas no termo desta vila, que estão juntas com as do referido mosteiro.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1470/01/10
    Tipologia documental:
    Instrumento de Demarcação
    Nível:
    Documento simples

    Soeiro da Costa, escudeiro, juiz ordinário de Avis, manda que os lavradores de uma herdade, localizada no termo de Avis, marquem a divisão que pertence ao mosteiro de São Bento de Cástris de Évora.

  • Fundo:
    Mosteiro de São Bento de Cástris de Évora
    Datas de produção/acumulação:
    1534/06/25
    Tipologia documental:
    Instrumento de Posse
    Nível:
    Documento simples

    Perante Gonçalo Pires, juiz ordinário de Avis, Pedro Dias, feitor das freiras do mosteiro de São Bento de Cástris de Évora, toma posse de uma courela, de um olival, de uma panasqueira e de uma oliveira cordovil, no termo de Avis.